UM NOVO MARCO PARA O KRAV MAGÁ

O ano de 2021 ficará marcado para sempre como um novo marco para os praticantes do Krav Magá em Minas Gerais, no Brasil e no mundo. Em fevereiro, foi fundada, em Belo Horizonte (MG), a Federação de Krav Magá Israeli System, com o objetivo de valorizar, disseminar e fomentar a cultura israelense e a prática do Krav Magá com uma gestão profissional e de excelência, congregando novas academias, oferecendo a melhor formação para instrutores, promovendo eventos, palestras e treinamentos diversos e estabelecendo parcerias.

A Federação de Krav Magá Israeli System também nasce com um projeto ousado de internacionalização, com previsão de filiação de centros de treinamento de Krav Magá sediados nos Estados Unidos.

“Queremos promover a técnica do Krav Magá e atuar na formação dos melhores instrutores e no credenciamento das melhores academias dentro dos ensinamentos do criador do Krav Magá, Imi Lichtenfeld, que por toda a sua vida defendeu a boa civilidade, as boas maneiras, a simplicidade, o sionismo (movimento nacionalista judaico) e o respeito ao próximo e à vida”, destaca Rafi Green.

“Com a Federação de Krav Magá Israeli System espera-se, além de valorizar e disseminar a cultura israelense e a prática do Krav Magá, fomentar a prática com uma gestão profissional e de excelência, promovendo eventos, palestras e treinamentos diversos e estabelecendo parcerias”, afirma Beny Schickler.

DIRETORIA

RAFI GREEN

Presidente da Federação de Krav Magá Israeli System

Rafi Green nasceu em 1968, em Israel. Viveu no Kibutz Revivim até ingressar no Serviço Militar – Forças Armadas de Israel (IDF) aos 18 anos, como todo cidadão israelense. Rafi teve muito êxito e galgou posições por seu patriotismo, dedicação e garra, características que sempre o acompanharam.

No Exército, foi aprovado no teste de formação do Comando Marinho e serviu em áreas de combate no período de pós-guerra. Na sequência, foi aprovado em testes de formação de grupos especiais de inteligência e de contraterrorismo realizado no Wingate Institute. Formou-se na Escola Militar de Contraterrorismo ‘’LUTAR”.

Especializou-se no serviço de inteligência e defendeu seu país na luta contra organizações terroristas e milícias, atuando em áreas urbanas, áreas públicas, manifestações, transporte público, entre outros eventos. Desenvolveu e colaborou no desenvolvimento de procedimentos de segurança em transporte público e outros ambientes.

Também se especializou em defesa pessoal e no sistema de defesa armada israelense. Ao deixar as Forças Armadas de Israel, Rafi levou toda sua experiência para a vida civil. Sempre profissional, altamente focado e diligente.

No Brasil – Responsabilidade social e amor pelo Brasil – Rafi trouxe para o Brasil os ensinamentos e a doutrina militar israelense, sempre visando a segurança e o comportamento de segurança para o cidadão e as forças públicas de segurança do país que adotou como seu.

Para seus cursos, desenvolveu técnicas e adaptou o sistema israelense de defesa para os públicos militar e civil do Brasil, sempre levando em conta as características e ambientes brasileiros.

Seus cursos “Defesa Armada” e “Defesa Corpo a Corpo com Spikey Defense System” levam os princípios da defesa para o lar e a prevenção para toda a família, em seu dia a dia, em risco de sequestro ou simples ato de violência urbana.

Por todo o seu trabalho e empenho para fazer de seu novo país, estado e cidade, Rafi foi reconhecido pelas autoridades federais estaduais e municipais, que lhe concederam a Cidadania de Belo Horizonte e as seguintes condecorações e títulos:

• Diploma de Honra ao Mérito do Exército Brasileiro, Comando da 4ª Região Militar – Região das Minas do Ouro;
• Diploma de Honra ao Mérito, pelos relevantes serviços prestados, Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais – SINDPOL/MG;
• Cidadão Honorário de Belo Horizonte, título outorgado pela Câmara Legislativa em função dos relevantes serviços prestados ao Município;
• Diploma de Honra ao Mérito do Exército Brasileiro, Amigo do 12º Batalhão de Infantaria – Doze do Ouro.

BENY SCHICKLER

Vice-presidente da Federação de Krav Magá Israeli System

Faixa Preta 2º Dan, Beny Schickler nasceu em 1974, em Belo Horizonte. Teve uma infância baseada na prática esportiva e nas artes marciais. Começou cedo no Judô, aos 6 anos. Durante a adolescência, praticou Capoeira e Karatê Kyokushin e, já adulto, praticou Brazilian Jiu-Jitsu.

Administrador de empresas por formação, Beny cursou grande parte do seu ensino fundamental na Escola Israelita Theodor Herzl. Aos 18 anos, realizou o sonho de morar e viver em Israel por um ano, onde passou por treinamento militar e aprendeu o idioma e a cultura daquele país.

Aos 21 anos, participou dos Jogos Macabeus Pan Americanos (Pan Americano judaico). Ingressou no Krav Magá aos 22 anos e tornou-se Instrutor-Chefe de Minas Gerais pela FSAKM, onde atuou durante 25 anos.

Beny foi o introdutor da técnica no estado, no ano de 1996. De lá para cá, milhares de civis já passaram pelas suas aulas, além de várias pessoas ligadas ao mundo da segurança pública. Deu cursos para Militares da 4° região do exército e PE, para agentes da Polícia Civil de Minas Gerais, departamento de Segurança Institucional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), agentes de segurança da Prefeitura de Belo Horizonte, promotores, policiais militares, entre outros. Já ministrou diversas palestras sobre segurança pessoal e filosofia da defesa israelense em colégios da capital como Marista, Santo Antônio, Santo Agostinho, Logosófico, Arnaldo, Magnum, Santa Dorotéia, Santa Marcelina, entre outros.

Atualmente, é o vice-presidente da Federação de Krav Magá Israeli System e coordena a equipe de Instrutores no estado. Ministra aulas regulares no Centro Mineiro de Krav Magá que se localiza na União Israelita de Belo Horizonte (UIBH).

MONITORES

Comece a praticar Krav Magá agora mesmo