Como o Krav Maga se popularizou?

 em Krav Maga

O Krav Maga nasceu das mãos de Imi Lichtenfeld, um judeu húngaro que lutou contra grupos fascistas e milícias no período do surgimento do nazismo na Europa. Ele percebeu que as lutas existentes não serviam para serem utilizadas em combates.

Portanto, a prática surgiu como fruto da necessidade básica de sobrevivência na década de 1940. Foi para proteger sua comunidade dos ataques, que Imi desenvolveu técnicas que pudessem ser usadas por todas as pessoas. Com a independência de Israel em 1948, o Krav Maga ficou restrito ao serviço militar do exército israelense, polícia e serviço secreto até o ano de 1964.

Mas, e aí? Como essa técnica chegou ao Brasil e se popularizou em várias partes do mundo? Quer descobrir? Continue a leitura e confira!

Do círculo militar para as academias populares

Em 1964 o ensino do Krav Maga foi liberado para a população civil dentro de Israel. Com o objetivo de continuar sua obra, o criador selecionou um pequeno grupo para ser treinado e preparado para levar o Krav Maga para diversos países.

A partir de 1987, a prática saiu de Israel para países como EUA, Inglaterra e França, por meio de professores faixa preta capacitados para difundir a arte pelo mundo. Atualmente diversas academias recebem alunos entre crianças, jovens e adultos de ambos os sexos que buscam condições para se defender.

A chegada na América do Sul

O primeiro país da América do Sul a receber o Krav Maga foi o Brasil. No começo da década de 1990, chegou no Rio de Janeiro o israelense Kobi Lichtenstein para difundir e expandir o sistema de defesa pessoal israelense em todo o país. O mestre Kobi divulgou o Krav Maga e formou instrutores em vários estados brasileiros.

Na mesma época foi fundada a Federação Sul-americana de Krav Maga. Com sede no Rio de Janeiro, a instituição é a responsável por legitimar a prática no continente e resguardar a pureza técnica e filosófica da arte, além de ser a única entidade autorizada a formar instrutores e a ensinar Krav Maga no Brasil.

Krav Maga em Minas Gerais: sucesso e crescimento

Minas Gerais recebeu o Krav Maga em 1996 pelo professor Beny Schickler, pioneiro no estado. De lá para cá, mais de 20 anos se passaram e a primeira turma, de apenas 15 alunos, se multiplicou. Atualmente o estado possui cerca de 40 academias, sendo que 25 delas ficam na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Uma academia de Krav Maga pode estar mais perto do que você imagina!

Benefício para todos

O Krav Maga é uma oportunidade para deixar o sedentarismo de lado e melhorar a qualidade de vida. Ou seja, você vai fazer uma atividade física e ainda aprender técnicas de defesa pessoal para melhorar a sua segurança.

São diversos exercícios de aquecimento e alongamento para preparar o corpo para o treinamento das técnicas. Para você ter uma ideia, uma aula de Krav Maga pode queimar cerca de 800 calorias.

Agora que você sabe um pouco mais sobre a chegada do Krav Maga no Brasil, que tal conhecer a arte de perto? Clique aqui e confira o endereço das academias credenciadas em Minas Gerais.

Posts recentes

Leave a Comment