Entenda a graduação do Krav Maga

 em Krav Maga

O Krav Maga possui um sistema de faixas com seis cores, que simbolizam a evolução do aprendizado e a graduação em que cada praticante se encontra. Neste post, confira como é dividido e quanto tempo de prática é necessário para alcançar cada uma delas.

O sistema de faixas

O Krav Maga foi desenvolvido por Imi Lichtenfeld em Israel. Inicialmente, ele era o instrutor chefe de preparo físico e Krav Maga das Forças de Defesa de Israel. Até 1964 as técnicas não eram abertas para o público em geral.

Por isso, até hoje o treinamento e consequentemente as faixas são divididas em duas partes. Na primeira, da cor amarela à azul, os alunos aprendem as técnicas de defesa pessoal. A segunda, da azul à preta, é voltada para exercícios mais complexos, técnicas de combate corpo a corpo e militar.

Para avançar no sistema de graduação são necessárias dedicação e prática. Existe um período médio de tempo para passagem em cada etapa, mas não é regra. Isso depende de quando o mestre ou o instrutor considerar o aluno tecnicamente apto, independentemente do tempo decorrido.

Faixa amarela

Esta faixa pode ser atingida com cerca de 6 meses de prática. Os alunos precisam aprender os movimentos mais básicos de soltura e contra ataques, que podem ser aplicados em qualquer tipo de agressão à curta ou média distância.

O processo de aprendizado nesta etapa é por meio da observação e repetição. O aluno deve praticar os golpes várias vezes e em movimentos lentos para corrigir eventuais erros, e aumentando aos poucos, buscando sempre atingir a melhor velocidade possível.

Faixa laranja

Com 18 meses de prática orientada, o aluno já deverá ter total domínio dos exercícios de primeiros ataques ensinados e consegue usá-los com muita eficiência e velocidade. Avançando a faixa laranja, ele aprenderá exercícios mais complicados para curtas distâncias, o que exigirá uma reação muito mais rápida.

As séries de golpes ensinadas aqui são para responder as agressões com distâncias um pouco maiores. Também é o momento para ter os primeiros contatos corpo a corpo.

Faixa verde

Após duas etapas em que o aluno aprende solturas e ataques básicos, na faixa verde serão ensinadas defesas mais rápidas e objetivas para esses ataques. Por isso, o aluno precisará voltar a treinar os movimentos que já aprendeu e executá-los com o máximo de eficiência.

Também aumenta a necessidade de um preparo físico em dia, porque aqui a velocidade nos movimentos se torna imprescindível.

Faixa azul

Essa é a última faixa antes do treinamento mais pesado, geralmente voltado para combatentes ou profissionais que atuam na segurança. Na faixa azul, o aluno aprende pela primeira vez defesas para situações que envolvam armas brancas e armas de fogo.

O aprendizado é bastante focado no combate corpo a corpo, com ou sem a ajuda de armas e objetos.

Faixa marrom

Como mencionado anteriormente, a partir dessa faixa pode ser considerado como um nível profissional do Krav Maga. Os praticantes aprenderão a lidar com situações que envolvem dois, três ou mais atacantes, e o aluno adquire os primeiros conhecimentos básicos de combates militares corpo a corpo.

Faixa preta

A faixa preta é uma graduação para professores e mestres, após passarem por toda a evolução de faixas.

Gostou do post? Se quiser saber mais sobre essa prática, fique ligado no nosso blog e em nossas redes sociais.

Posts recentes

Leave a Comment